DICAS DO BEM, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO

Luxo sem Lixo: As Marcas de Moda Upcycling no Brasil


Estima-se que, no Brasil, são descartadas mais de 170 toneladas de resíduos têxteis por ano. A indústria da moda, ainda dominada pelas gigantes do varejo “fast-fashion”, tem como prioridade a velocidade e o lucro rápido.

No modelo fast-fashion , toda semana há lançamento de produtos com novas tendências.

Os preços baixos e as “novidades” de estilos e tendências incentivam o consumismo como ninguém. Tudo aquilo que era “novidade” vira “lixo” e vai se acumulando. Das 170 toneladas de resíduos têxteis descartadas, 85% vão para aterros sanitários.

No entanto, uma das atuais tendências da moda diz respeito a uma técnica que, sem qualquer intervenção química, reaproveita o que seria descartado para a criação de algo novo e original: a moda upcycling.

Marcas de moda upcycling transformam tecidos descartados em roupas originais. Acima, o estilista Zero Waste Daniel, uma das referências da moda upcycling.

O termo “upcycling” não possui tradução para o português mas já esta totalmente incorporado no discurso da moda sustentável brasileira e, diante de crises ambientais cada vez mais frequentes, têm se mostrado o método mais eficiente para evitar a poluição têxtil.

Do ponto de vista ecológico, o upcycling tem um resultado ainda mais positivo que a reciclagem uma vez que que tal processo não envolve o uso de aditivos químicos. O material entra num ciclo de transformação inédito a cada vez que é reaproveitado.

Listamos aqui, algumas marcas brasileiras que estão se tornando referência na moda upcycling .

1. ACORDA

A Acorda nasceu há dois anos no Rio de Janeiro e tem encantado transformando tecidos descartados pela indústria da moda em pochetes e bolsas super descoladas. É uma marca de moda upcycling, urbana, contemporânea, slow fashion e sustentável.

2. RE-ROUPA

O Re-Roupa é um projeto de moda upcycling que propõe a criação de roupas novas a partir de materiais descartados tais como fins de rolo de tecido, retalhos, roupas com pequenos defeitos. Além do reaproveitamento, prezam muito pela valorização da mão de obra local. Trabalham em parceria com costureiras empreendedoras de diferentes comunidades do Rio.

3. COMAS

A Comas é uma marca de vestuário com estilo clássico, despojado, atemporal e duradouro. Para eles, a sobra da indústria é matéria-prima. “Camisas são peças ícones, de estilo permanente, durável, sem prazo de validade”. 

4. ZEREZES

A Zerezes é uma marca de óculos de sol que trabalha tanto com upcycling quanto com reciclagem. Parte do seu acervo é composto de chapas e retalhos de acetatos abandonados em fábricas localizadas no interior do Rio de Janeiro.

5. THINK BLUE UPCYCLED

De todos os tecidos, o jeans é um dos que custa mais caro para o meio-ambiente, tanto na sua fabricação quanto na sua decomposição. Foi pensando nisso que a marca de moda upcycling Think Blue apostou na criação de peças – calças, casacos, saias, vestidos, shorts, tops – feitas a partir do reuso de roupas jeans.

6. COLIBRII

A Colibrii é uma rede que trabalha com artesãs das comunidades de Porto Alegre (RS) a ressignificação de resíduos têxteis. Processo que envolve a orientação, co-criação e a venda. Vários tecidos são reaproveitados no processo, desde o jeans até a lona de caminhão.

7. VICENTE PERROTA

O estilista Vicente Perrotta ressignifica roupas rompendo com gênero e padrão. Suas criações são exclusivas e originais. Além de chamar atenção para a moda upcycling, Vicente busca provocar e gerar reflexões sobre questões sociais importantes. Para ele: “o consumo no geral é sexista. O de moda, especificamente, é opressor, a pessoa tem que ser magra, branca e cis. Não existe roupa pra outro corpo que não seja esse. E pra mim, gênero não existe, quero tirar essa opressão patriarcal da roupa”

8. AMARELA UPCYCLING

A marca de moda upcylcing Amarela cria peças de roupas e acessórios únicos e versáteis a partir das sobras da indústria têxtil. Por trás da marca está a estilista Ruth Wünsch.

9. RESGATE FASHION

Como já diz no próprio nome a Resgate Fashion é uma marca de slow fashion que resgata roupas usadas, retalhos, tecidos de reuso e ecológicos para o desenvolvimento sustentável de roupas novas.

10. UPCYQUEEN

A estilista Juliane Darin, desde sempre, foi apaixonada pela ideia de ressignificar peças de roupas e outros tecidos, transformando-os em peças novas. Depois de trabalhar junto à grandes marcas de vestuário, ela decidiu abrir o próprio negócio, que hoje, recebe o nome de Upcyqueen, uma nova marca de moda upcycling que fabrica peças de vestuário femininas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *