DICAS DO BEM, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO

As Tecnologias que Alertam Consumidores Sobre Mão de Obra Infantil


De acordo com a UNICEF, a mão de obra infantil no mundo hoje contempla mais de 150 milhões de crianças. 70 milhões delas, estão empregadas em atividades de alta periculosidade ou em condições degradantes.

Nos países mais pobres do mundo, 1 em cada 4 crianças são empregadas em atividades com muito pouca ou nenhuma remuneração, análogas à escravidão.

 

A maior parte dessa mão de obra infantil hoje está empregada em fazendas de cultivo de cacau, café, algodão e seringueiras (borracha) , matérias-primas que abastecem diversas indústrias tais como a de vestuário, chocolate, automobilística, etc.

 

Na Costa do Marfim, crianças juntam-se a fazendeiros na quebra da casca do cacau (Fonte: Revista Fortune)

 

Embora os números ainda sejam estarrecedores, é preciso levar em consideração que de 2010 para 2018, a exploração da mão de obra infantil diminuiu bastante: de cerca de 245 milhões de crianças para 152 milhões, o que reflete uma maior conscientização da população mundial acerca do tema.

Além de políticas públicas, ações sociais e campanhas de conscientização, hoje já podemos encontrar ferramentas que orientam consumidores nas suas escolhas acerca do emprego de mão de obra infantil associado a uma determinada marca de produto ou serviço, listamos aqui alguns deles:

 

1. FREE2WORK

O Free2Work é um aplicativo qua avalia os esforços das marcas de produtos e serviços na prevenção do trabalho infantil forçado nas suas cadeias produtivas. O usuário pode buscar a marca em uma lista separada por categorias ou simplesmente escanear seu código de barras para encontrá-la e avaliar sua nota, que pode variar de D até A+, simples e fácil.

 

 

2. aVOID

aVOID é um plug in disponível para Safari e Google Chrome que escaneia suas compras online por produtos associados com o uso de mão de obra infantil. Ele funciona com a maior parte das plataformas de compras online (estrangeiras): Amazon, Ali Babá, E-Bay, etc.) substituindo os resultados da busca “suspeitos” por ícones de mão indicando “pare” (stop).

 

 

3. KID RESCUE

Este aplicativo funciona de forma colaborativa e incentiva as pessoas a denunciarem emprego de mão de obra infantil através de fotos que são etiquetadas com a localização geográfica do local. Uma vez que a informação é enviada ela entra em uma base de dados que só pode ser acessada pelos assistentes sociais ligados à iniciativa.

 

 

4. CHOCOLATE LIST

Chocolate List é um aplicativo que lista as marcas veganas de chocolate associadas ao uso de mão de obra infantil a partir de informações sobre as respectivas áreas de onde se obtém a matéria-prima.

 

 

 

5. SWEAT AND TOIL

Este aplicativo desenvolvido pelo governo norte-americano oferece para o usuário mais de mil páginas de pesquisa sobre uso de mão de obra infantil tais como os esforços dos países no combate ao trabalho infantil, lista de produtos associados à prática, leis e políticas governamentais (norte-americanas e internacionais) e como denunciar.

 

 

6. SLAVERY FOOTPRINT

Slavery Footprint é um aplicativo que revela o quanto do estilo de vida do usuário esta ligado ao trabalho escravo, inclusive, ao trabalho escravo infantil. Ele oferece uma pontuação baseada nos produtos e serviços utilizados pelo usuário, desde vestuários à smartphones.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *