ENTRETENIMENTO

10 Filmes Sobre Alimentação que Todos Deveriam Assistir


Se alimentar de maneira saudável não tem somente a ver com manter a saúde do corpo. Quando falamos em preservar o meio ambiente em geral não levamos em conta o controle sobre a atividade diária de comer.

 

Acima, banner de divulgação do filme Cowspiracy: O Segredo da Sustentabilidade

 

O ato de comer é muito mais do que um ato ecológico, é um ato político. É o que professa o documentário Cowspiracy: um filme sobre alimentação de forte teor político e que traz à tona uma série de polêmicas envolvendo grandes grupos ambientalistas e a indústria alimentícia.

Tanto para quem busca ter uma vida mais saudável quanto para quem busca viver em um mundo melhor (ou ambos) listamos aqui alguns filmes sobre alimentação que analisam as consequências das escolhas que fazemos quando comemos, para nós mesmos e para o planeta:

 

1: SUPER SIZE ME: A DIETA DO PALHAÇO

Durante o mês, o diretor deste documentário decidiu se alimentar apenas no McDonald’s. Dentre os filmes sobre alimentação, um dos mais difíceis de assistir, onde pode-se observar as devastadoras consequências da ingestão de quase 5 mil calorias diárias combinadas com substâncias de origem duvidosa. Nomeado ao Oscar de Melhor Documentário, o filme faz uma crítica ao papel de empresas de fast food na organização social e o fomento a um estilo de vida propício ao aparecimento de doenças, principalmente cardiovasculares, que matam cerca de 50 milhões de pessoas no mundo ao ano.

 

 

 

2. WHAT THE HEALTH – QUE RAIO DE SAÚDE

O documentário critica os impactos causados pelo consumo de carne e laticínios na saúde das pessoas e do planeta. O filme do mesmo diretor de Cowspiracy defende a ideia de que os seres humanos são biologicamente veganos, teoria que foi bastante contestada por jornalistas especializados, médicos e nutricionistas. Dos filmes sobre alimentação é o mais controverso sem deixar, porém, uma reflexão importante sobre os hábitos alimentares das pessoas.

 

 

3. FAT SICK AND NEARLY DEAD (GORDO, DOENTE E QUASE MORTO)

Com obesidade mórbida e sofrendo de uma doença autoimune, o diretor Joe Cross se esforça para beber apenas sucos de frutas frescas e vegetais durante 60 dias com o objetivo de perder peso e recuperar sua saúde. O tom do filme é extremamente motivador já que o público testemunha a atuação do poder de cura dos vegetais em Cross, que não só recuperou sua saúde, mas como ficou muito mais disposto no dia a dia.

 

 

4. FOOD INC.

Poucos filmes sobre alimentação são ousados como Food Inc., documentário que analisa as ligações entre grandes empresas, governo, fazendeiros e consumidores revelando o que há por trás das escolhas de consumo. Os autores investigam a cadeia de produção dos alimentos nos EUA, desde a manipulação e o monopólio de grãos e cereais à criação e abate de animais para consumo, expondo a fragilidade dos organismos de fiscalização e os danos causados à sociedade.

 

 

5. COWSPIRACY – O SEGREDO DA SUSTENTABILIDADE

O controverso Cowspiracy explora os enormes impactos ambientais causados pela criação de gado bem como as políticas (escusas) das organizações de proteção ambiental (Greenpeace, Rainforest Action Network, Sierra Club, etc.) para acobertar a realidade devastadora para o planeta.

 

 

6. FOOD MATTERS

Comparado aos demais filmes sobre alimentação, este documentário australiano tem uma abordagem mais “light”, porém não menos controversa. O filme defende a tese de que uma dieta seletiva pode ser de fato capaz de tratar uma série de doenças letais tais como câncer, depressão, diabetes e doenças cardiovasculares: a tão criticada Terapia de Gerson (Gerson’s Therapy).

 

 

7. FONTE DA JUVENTUDE

Fonte da Juventude é um documentário brasileiro (disponível no Netflix no Brasil) que visa ampliar a discussão sobre o ambiente alimentar no Brasil e propor uma reflexão sobre a obesidade que mata tanto quanto a fome no mundo. O filme tem uma visão inovadora apresentando a biodiversidade como peça chave para a “Fonte da Juventude”.

 

 

8. FORKS OVER KNIVES – TROQUE A FACA PELO GARFO

Em  Troque a Faca Pelo Garfo. Nele, a nutricionista Collin Campbell e o cirurgião Caldwell Esselstyn investigam se é possível identificar uma causa comum a todas as doenças degenerativas descobertas nos últimos tempos. Pesquisas extensas e dados vindos dos quatro cantos do mundo, por vários anos mostram que as doenças coronárias, o diabetes, e o câncer podem ser evitadas e mesmo revertidas através de uma alimentação saudável.

 

 

9. FED UP!

O único dos filmes sobre alimentação desta lista que aborda especificamente a obesidade infantil. Fed Up aborda a questão do consumo exagerado de açúcar e junk food e a consequente epidemia da obesidade mundial. Nele, a diretora Stephanie Soechtig quis desmascarar diversos mitos da alimentação e deixar de culpabilizar somente a gula e o sedentarismo pelos altos índices de obesidade a partir da infância, atentando para as políticas públicas frouxas e para a indústria de alimentos, que se aproveita da alta palatabilidade de produtos cheios de açúcares, sal e gorduras.

 

 

10. HUNGRY FOR CHANGE – FAMINTO POR MUNDANÇA

Do mesmo diretor de Food Matters (listado acima), este filme sobre alimentação lança um olhar sobre a indústria alimentícia e porque as dietas propostas por médicos e especialistas não dão certo na maioria dos casos. O filme traz uma mensagem inspiradora e convida o público a refletir sobre a necessidade de mudança de estilo de vida ao invés de dieta.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *